FECHAR

Total Saúde Princesa Isabel e região




Acusado de matar garota de programa na Paraíba é preso em Brasília; Acusado alega que morte foi um acidente

Nenhum comentário
Natália Miranda foi morta em maio deste ano
A Polícia Civil da Paraíba, em parceria com policiais de Brasília/DF, prendeu na Capital federal um homem responsável pelo assassinato da garota de programa Natália Clementino Costa, 25 anos, que foi encontrada morta no dia 31 de maio deste ano, no bairro do Bessa, em João Pessoa. A prisão ocorreu no último dia 25 de outubro. Jonathas Linhares de Santana, 32 anos, confessou o crime e disse que a morte da jovem foi um acidente.

De acordo com o delegado Seccional de Santa Rita, Everaldo Medeiros, que presidiu o inquérito policial, após o crime, através de imagens do circuito interno de câmeras de um motel de João Pessoa a polícia chegou até o acusado. Jonathas Linhares é apontado como homem responsável pela tentativa de homicídio contra outra garota de programa em 2011. A foto do acusado foi mostrada a jovem e ela o reconheceu.
“Temos imagens nítidas do acusado e vítima chegando ao motel em um táxis, em seguia Natália chega no carro dela. Câmeras flagraram eles mudando de quarto algumas vezes e o acusado dirigindo o veículo da vítima na saída do motel. O casal passou cerca de 4 horas no local.A garota de programa foi morta no motel e o corpo abandonado em uma rua do Bessa. Ele disse que a morte da garota foi um acidente – que não tinha intenção de matá-la, mas laudos comprovam que ela foi torturada e asfixiada”, disse o delegado.
Ainda de acordo com Medeiros, após o assassinato o homem mudou várias vezes de endereço. “Depois do crime, ele passou uns dias em Patos na casa de familiares, em seguida, Fortaleza e depois Brasília, onde foi preso por força de um mandado de prisão. Ele estava trabalhando em uma empresa de manutenção de ar condicionado e usando documentos falsos”.


Foto: acusado sendo apresentado pela Polícia Civil
Créditos: TV Correio
A Polícia está investigando se ele tem participação na morte de uma garota de programa, em Pernambuco. “Há cerca de 2 meses uma garota de programa foi assassinada em Recife com os mesmos modis operandi. Como ele também frequentava a Capital pernambucana, estamos investigando a participação dele nesse crime”, ressaltou Everaldo Medeiros.
Portal Correio

Nenhum comentário :

Postar um comentário